Seleção feminina embarca para a Europa para o Pré-Olímpico

27.01.2020   |   Seleção Feminina Adulta
Compartilhe Facebook Twitter

A seleção feminina de basquete embarcou nesta segunda-feira, 27, para a Europa, para a disputa do Pré-Olímpico de Bourges, na França. O grupo partiu do Rio de Janeiro, no começo da tarde, com destino a Belgrado, na Sérvia. O Brasil treina na capital sérvia e no dia 3 de fevereiro faz um amistoso com o time da casa. No dia 4, a equipe desembarca em Bourges, cidade francesa que respira o basquete e será sede do torneio com Brasil, Porto Rico, França e Austrália.

Alana é uma das novidades no grupo. Foto: Divulgação/CBB

- Viajamos motivadas, sabendo que fizemos uma excelente preparação no Brasil, e também que vamos dar sequência na Europa antes da estreia no Pré-Olímpico, inclusive com o amistoso contra a Sérvia, que será importante. Estamos confiantes em fazer um ótimo torneio e conseguir a vaga para o Brasil, apesar de sabermos das dificuldades - disse a ala Rapha Monteiro.

A estreia brasileira está marcada para o dia 6 de fevereiro, às 14h, contra Porto Rico, com transmissão do SporTV. A segunda partida será no dia 8, diante da França. O Brasil se despede da disputa no dia 9, às 10h, contra a Austrália. O Pré-Olímpico de Bourges irá distribuir três vagas nas Olimpíadas de Tóquio 2020.

O técnico José Neto definiu no último domingo o grupo para o Pré-Olímpico. Ao todo, 13 atletas estarão na Europa. Damiris, Erika e Clarissa se encontram com o grupo por lá. As novidades do Pré-Olímpico das Américas ficam por conta da pivô Carolina e da armadora Alana. Lesionada, a pivô Nádia Colhado não pôde participar dessa etapa de treinos, assim como a pivô Stephanie Soares, com compromissos universitários nos Estados Unidos.

A seleção feminina vem numa crescente. O Brasil conquistou os Jogos Pan-Americanos de Lima 2019, quebrando um jejum que vinha desde 1991. Depois, foi bronze na AmeriCup, fazendo ótimos jogos contra Canadá e Estados Unidos. Por último, venceu Argentina e Colômbia no Pré-Olímpico das Américas para se classificar para o Pré-Olímpico Mundial de Bourges.

Carolina também ganhou chance no Pré-Olímpico. Foto: Divulgação/CBB

A CBB é o órgão nacional do basquete. É uma associação independente, formada por 27 federações por todo o Brasil. É reconhecida como a única autoridade competente no basquete pela Federação Internacional de Basquete (FIBA) e pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB).

Foto: Divulgação/CBB

SELEÇÃO BRASILEIRA

Armadoras
Débora Costa - SESI Araraquara
Lays da Silva - Vera Cruz Campinas
Alana Gonçalo - Santo André

Alas/Armadoras
Tainá Paixão - Sampaio Basquete
Isabela Ramona - Sampaio Basquete
Patrícia Teixeira - Vera Cruz Campinas

Alas
Tatiane Pacheco - Sampaio Basquete
Raphaella Monteiro - Sampaio Basquete

Alas/pivôs
Damiris Dantas - Busan BNK Sum-KOR
Mariana Dias - Vera Cruz Campinas
Clarissa Santos - Asvel Lyon-FRA

Pivôs
Erika Souza - IDK GIPUZKOA UPV-ESP
Maria Carolina Oliveira - Pró-Esporte Sorocaba

Comissão técnica
Gerente técnica: Adriana Aparecida dos Santos Lopez
Coordenador: Bruno Gomes de Valentin
Técnico: José Alves dos Santos Neto
Assistentes técnicos: Virgil Lopez e João Camargo
Preparador físico: Diego Falcão
Médico: Paulo Roberto Queiroz Szeles
Fisioterapeutas: Isabel Rosa e Jordana Reis
Massoterapeuta: Juliana Angelica Bouvie
Assessoria de imprensa: Thierry Obhed Gozzer

Ligas chanceladas
lnb lbf
Os Wodens!
Topo