Seleção Brasileira Sub-21 Masculina derrota o Paraguai na estreia do Sul-Americano

12.08.2019   |   Seleções de Base
Compartilhe Facebook Twitter

Foto: Divulgação/Consubasquet

A Seleção Brasileira Sub-21 Masculina abriu a sua participação no Campeonato Sul-Americano da categoria, nesta segunda-feira (12 de agosto), com vitória diante do Paraguai, por 109 a 55 (51 a 34 no primeiro tempo), atuando no Coliseo Cubierto San Antonio, em Tunja, na Colômbia.

O selecionado nacional, comandado pelo técnico Leonardo Figueiró, entrou em quadra em ritmo forte e logo conseguiu comandar o marcador, fechando o quarto inicial com uma boa vantagem, graças ao bom desempenho defensivo (31 a 16). No segundo, a equipe paraguaia cresceu e conseguiu baixar um pouco a diferença, porém o Brasil reagiu na parte final e ficou novamente na frente (20 a 18).

No terceiro período, o Brasil voltou a imprimir um ritmo muito forte, defensivamente e ofensivamente; com isso fez a sua vantagem crescer consideravelmente, pois foi soberano em quadra no retorno do intervalo (40 a 10). Já nos dez minutos finais, a equipe brasileira manteve o ritmo e garantiu o resultado positivo sem sobressaltos (18 a 11).

“Conseguirmos imprimir o nosso ritmo, pois a equipe está muito bem encaixada, por isso marcamos forte e saímos com rapidez para o contra-ataque, que foi exatamente o que tramalhamos para esta estreia”, comentou o ala/armador Danilo Sena.

Jogaram pela Seleção Brasileira: 02. Caio Pacheco (13 pontos, 04 rebotes, 02 assistências e 03 bolas recuperadas), 03. João Marcello Pereira (05 pontos, 04 rebotes e 02 bloqueios), 04. Roberto Fagundes Filho (02 pontos, 01 rebote, 04 assistências e 03 bolas recuperadas), 05. Danilo Sena (19 pontos, 05 rebotes, 05 assistências e 01 bola recuperada), 08. Felipe Ruivo (15 pontos, 04 assistências e 01 bloqueio), 10. Danilo Penteado (03 pontos, 05 rebotes, 01 assistência e 01 bola recuperada), 11. João Vitor dos Santos (06 pontos, 04 rebotes, 03 assistências e 01 bloqueio), 12. Dikembe André (12 pontos, 11 rebotes, 02 assistências e 01 bola recuperada – double-double), 13. Douglas Silva (02 pontos, 04 rebotes, 03 assistências e 01 bloqueio), 14. Guilherme Abreu (11 pontos, 06 rebotes, 01 assistência, 02 bolas recuperadas e 02 bloqueios), 19. Pedro Nunes (12 pontos, 03 rebotes e 01 assistência) e 24. Paulo Henrique Scheuer (09 pontos, 04 rebotes, 02 assistências e 01 bola recuperada).

A comissão técnica brasileira é composta por: Clovis Roberto Rossi Haddad (coordenador/preparador físico), Leonardo Figueiró Alves (técnico), Fernando José de Oliveira Pereira (assistente-técnico) e Silvanio Miranda Signoretti Junior (fisioterapeuta).

Na segunda rodada, que ocorre nesta terça-feira (13 de agosto), o Brasil folga. A Seleção Brasileira volta à quadra na quarta-feira (14 de agosto) para enfrentar o Uruguai, às 19h15 (de Brasília), no mesmo local, já na terceira rodada.

“Vamos estudar o Uruguai, mas já sabemos que é uma boa equipe, que conta com um armador de qualidade e tem bons arremessadores. A tendência é de um jogo físico, em que podermos alternar bolas de fora com o trabalho de garrafão, já que os nossos pivôs tendem a levar vantagem”, analisou Danilo Sena.

Na primeira fase do Sul-Americano Sub-21 Masculino, o Brasil aparece no Grupo A, ao lado de Uruguai e Paraguai; já o Grupo B é formado por Argentina, Colômbia, Chile e Venezuela. De acordo com o regulamento, na fase inicial as equipes jogam entre si, em turno único e dentro das suas respectivas chaves; os dois melhores em cada uma delas avançam à semifinal. Os vencedores das semifinais decidem o título.
 

 

Ligas chanceladas
lnb lbf
Os Wodens!
Topo