Sucesso total na primeira edição do ‘FIBA Youth Development Program’

18.12.2018   |   Base
Compartilhe Facebook Twitter

Foto: FIBA Américas

Sucesso total. Assim pode ser definida a primeira edição do ‘FIBA Youth Development Program’ (Acampamento de Jovens), realizada de 13 a 16 de dezembro, no Clube Campineiro de Regatas e Natação, na cidade de Campinas (SP), através de uma parceria entre a FIBA Américas e a Confederação Brasileira de Basketball (CBB). Neste período, 24 atletas de base identificados como promissores e diversos treinadores puderam acompanhar os ensinamentos de um time conceituado de treinadores (Thelma Tavernari, Eduardo Agra, Danilo Castro, Jefferson Teixeira, Renato Lamas, Marcelo Bandiera, Flavio Davis e Alexandre Escame, entre outros), reforçado por dois nomes consagrados: o croata Aleksandar Petrović, técnico da Seleção Brasileira Masculina, e o norte-americano Don Showalter, que tem um currículo extremamente vencedor comandando as seleções de base dos Estados Unidos.

“É um motivo de alegria e satisfação para o basquete brasileiro ser o primeiro parceiro da FIBA Américas nesta iniciativa que visa descobrir talentos para o nosso esporte; a Confederação Brasileira se sente muito gratificada pelo Camp, que foi sensacional. Quero parabenizar ao Carlos Alves e ao Lizandro Miranda, além de cumprimentar todo o time da FIBA Américas e da CBB pela excelência na organização do evento”, comentou Marcelo Sousa, diretor-executivo da CBB.

“O Camp superou totalmente as expectativas da FIBA por duas razões: primeiro, pelo nível dos meninos; segundo, pela entrega deles. O que vimos foi inspirador, pois essa é, justamente, a missão da FIBA, ou seja, promover e desenvolver o basquete mundialmente. Por isso, saímos daqui extremamente satisfeitos”, acrescentou Carlos Alves, diretor-executivo da FIBA Américas.

O técnico norte-americano Don Showalter elogiou o foco e a entrega dos atletas. “Achei excelente, os meninos apresentaram um bom nível, além de terem vindo com muita energia. Certamente, alguns estarão servindo a Seleção Brasileira no futuro; tenho a expectativa de vê-los jogando torneios mundiais e continentais. Os jogadores assimilaram e responderam muito bem às técnicas que eu e o Petrovic passamos ao longo dos treinamentos”, analisou.

“Este Camp foi muito importante, já que pudemos oferecer a esses jovens atletas uma visão das possibilidades e dos diferentes caminhos que cada um segue atualmente. Eles têm o talento e potencial para se transformar, em sete ou oito anos, em um jogador que pode integrar a Seleção Brasileira. Representa um momento muito importante para o futuro do basquete no País”, complementou Petrovic.

Além dos treinamentos, os atletas acompanharam duas palestras com nomes renomados do basquete brasileiro e internacional: Amaury Pasos, bicampeão mundial e medalhista olímpico, e Marcel de Souza, medalha de bronze no mundial de 1978 e campeão Pan-americano em Indianápolis.

“O meu objetivo foi passar, através de exemplos que vivenciei ao longo da minha vida esportiva e também como médico, alguns tópicos importantes para o dia a dia do atleta, que busca crescer na carreira para atingir os seus objetivos. O jogador precisa treinar sempre e não pode deixar atividades intelectuais de lado, uma vez que isso ajuda em todos os sentidos, especialmente, no entendimento do jogo, pois ativa os neurônios cerebrais”, explicou Marcel.

Os cinco atletas selecionados para integrar o time da FIBA Américas foram estes: Marcio Henrique da Costa Santos (Sesi Franca Basquete), Matheus Brito Leoni (SE Palmeiras), Guilherme Carvalho dos Santos (Minas Tênis Clube), Daniel Ifedi Ferreira Onwenu (CA Paulistano) e Bruno Henrique Pedro Cardoso (SE Palmeiras).

“Estou muito feliz por ter feito parte deste acampamento. Eu sinto que sou um jogador melhor depois de treinar com Petrovic e Showalter, assim como os outros treinadores que estavam focados em nos ajudar a crescer como atletas. Foi uma ótima experiência”, relatou Daniel Ifedi Ferreira Onwenu.

“Foi uma grande oportunidade aprender com técnicos renomados, além disso, foi uma emoção muito grande integrar o time que foi escolhido para o quinteto ideal do Camp, demonstrando que o meu esforço e o trabalho árduo estão sendo reconhecidos”, finalizou Matheus Brito Leoni.

Foto: FIBA Américas

 

Ligas chanceladas
lnb lbf
Os Wodens!
Topo