Notícias

12/10/2017
PAI E FILHO EM QUADRA NA COPA BRASIL SUB-21 MASCULINA

img
Quando os filhos escolhem seguir os passos dos pais, a comparação se torna inevitável. O tempo passa, a história se repete, e no basquete não é diferente. Filhos e pais se espalham, como jogadores e técnicos, pelas categorias de base no Brasil. É o caso do treinador Luiz Fernando Leão, do Minas Tênis Clube, que divide a quadra com o filho Augusto na Copa Brasil de Clubes Masculina Sub-21, que está sendo realizada no Fluminense, no Rio de Janeiro até domingo, dia 15.

Augusto Cabral herdou alguns costumes do pai Luiz. Vestindo a camisa 5, o jovem vem se destacando e mostrando talento dentro das quadras. Foi assim no jogo de hoje, contra o Fluminense, tão disputado que foi decidido na prorrogação, com vitória dos mineiros por 67 a 62.

“Ele tem características bem semelhantes às minhas. Tem espírito competitivo e gosta de verdade de entrar para ganhar. Acho que é o sonho de todo pai ver um filho atleta. Me orgulho de tê-lo dentro do esporte, além de achar que a pratica da atividade física conta demais na nossa vida”, contou o treinador.

O armador de apenas 18 anos tem boas passagens nas categorias de base. O atleta que carrega o título de campeão da Copa Minas Tênis Clube de Basquete, em 2015, possui qualidades importantes como, por exemplo, foco e determinação.

“Ele tem concentração e sabe que pode chegar ainda mais longe. É uma característica muito boa em um jogador jovem. Espero que continue com essa garra e que ainda tenha muitos campeonatos e títulos pela frente”, disse o pai e treinador.

Luiz Fernando foi um dos principais motivos para atrair Augusto para as quadras e o incentivo que veio de dentro de casa está sendo importante para a carreira do jogador no basquete.

“Meu pai foi meu maior incentivo para abraçar a modalidade. Sempre gostei de esportes, mas foi ele quem me trouxe para esse mundo. Ele me ensinou tudo, desde os fundamentos até a disciplina como atleta. Fui me envolvendo aos poucos e, se tenho uma certeza, é que não quero mais sair”, finalizou o jovem.