Notícias

08/04/2017
GUY PEIXOTO JR VAI PROMOVER O RETORNO DA CAMISA LISTRADA

Foto: Giovanni Kleinübing/CBB
img
Marquinhos Abdalla, Guy Peixoto e Wlamir Marques com a camisa histórica
O presidente da Confederação Brasileira de Basketball (CBB), Guy Peixoto Jr, quer recolocar o basquete nacional de volta no caminho das glórias. Além de todo trabalho que vem sendo feito na área administrativa, o ex-jogador anunciou a volta à camisa listrada (verde e amarela), que foi usada em momentos áureos, marcados por expressivas conquistas dos selecionados nacionais.

“Essa camisa listrada é tradicional e bem bonita, além de simbolizar uma época de muitas conquistas do nosso basquete, por isso, vamos trazê-la de volta aos selecionados nacionais, reverenciando as nossas maiores conquistas e homenageando aqueles que fizeram história”, comenta Peixoto.

Para o bicampeão Mundial e medalhista olímpico, Wlamir Marques, o retorno desta camisa é um motivo de alegria. “Considero ser muito importante à decisão da Federação Internacional (FIBA) em liberar o uso das camisas listradas em seus jogos, oficiais ou não. Com isso vamos voltar a ver as nossas seleções utilizando à tradicional camisa listrada, de verde e amarelo. Confesso que nunca foi do meu agrado assistir os jogos das nossas seleções masculinas e femininas utilizando camisetas de uma só cor. Agora sim, voltamos às nossas origens, afinal essa camisa listrada está marcada no tempo com grandes conquistas mundiais. Gostei muito, uma decisão correta da nossa entidade máxima (FIBA) e prontamente aceita pela nova presidência da CBB”, explica.

“O resgate dessa memória é bem interessante, pois relembra o período que o Brasil deu certo”, acrescenta a ex-jogadora Branca Gonçalves.

Na visão do ala/armador Vitor Benite, da equipe espanhola do UCAM Murcia, a camisa é bonita. “Eu acho essa ideia sensacional, a camisa é maravilhosa e traz de volta aquela essência brasileira, que é muito importante. O Brasil tem tanta tradição e precisa voltar a ter a sua personalidade”, comenta.

“Acho linda, parabéns! Esse uniforme tem muitas conquistas e uma força muito grande”, opina Karla Costa, ala/armadora do Corinthians/Pague Menos/Americana.

Já o presidente da Federação Acreana de Basketball (FEAB), Atevaldo Santana, destaca a ‘nova cara’ do basquete brasileiro. “O retorno da camisa listrada nada mais é que o processo de valorização dos nossos ídolos e o resgate da história do basquete três vezes campeão, sendo duas conquistas com o masculino e uma no feminino. No mais, representa a repaginação do nosso basquete dentro deste processo de moralização imposto por Guy Peixoto Jr”, finaliza.