Notícias

23/02/2017
SPLITTER ESPERA SER APROVEITADO PELO SIXERS EM NOVO RECOMEÇO NA NBA

Foto: Getty Images
img
Tiago Splitter com o troféu de campeão da NBA em 2014 pelo San Antonio Spurs
Trocado pelo Atlanta Hawks na quarta-feira, jogador, de 32 anos de idade, demonstra confiança em sua recuperação física para jogar ainda nesta temporada

Por Thales Soares (GloboEsporte.com)

Filadélfia, EUA – Em menos de dois anos, o brasileiro Tiago Splitter foi trocado pela segunda vez na NBA, a liga americana de basquete. Desta vez, ele deixou o Atlanta Hawks para defender o Philadelphia 76ers, antigo saco de pancadas da competição. Aos 32 anos de idade, ele vem sofrendo com lesões, que inclusive o deixaram fora dos Jogos Olímpicos de 2016, mas nada que abale sua confiança.

Splitter ainda tem contrato até o fim desta temporada e tem planos de continuar sua carreira na NBA. Em entrevista ao SporTV.com, ele chegou a dizer que se aposentará caso não consiga um time na liga em 2017/18. No entanto, essa decisão não passa por sua cabeça. Por enquanto, concentrado em voltar a jogar, o que não acontece desde o dia 31 de janeiro de 2016.

“Acho que é uma boa oportunidade para mim. Estou no fim da minha recuperação. Temos 26 jogos pela frente para eu ter a chance de jogar. Philadelphia vai me dar isso. Para mim, é um momento importante da minha carreira, em que quero voltar bem já pensando e me preparando para a próxima temporada”, disse Splitter ao SporTV.com.

O brasileiro recebeu a informação do técnico Mike Budenholzer, com quem já havia trabalhado nos tempos de San Antonio Spurs, onde conquistou um título da NBA em 2014. Nessas horas, pouco se fala e resta apenas o agradecimento pelo esforço feito por Splitter para tentar se recuperar. Agora, só pensa nos Sixers.

“O Philadelphia foi o time que demonstrou interesse na minha recuperação para me colocar para jogar. O técnico Bud (dos Hawks) me agradeceu pelo que coloquei dentro e fora de quadra”, comentou o brasileiro, que havia sido trocado pelos Spurs em julho de 2015, indo para Atlanta.

Os problemas de lesão já vinham acontecendo nos Spurs. Em fevereiro do ano passado, Splitter precisou ser submetido a uma cirurgia no quadril. Durante a sua recuperação, teve problemas musculares recorrentes, mas agora acredita estar na fase final do trabalho físico para voltar a jogar.

“Já fiz alguns treinamentos completos nos Hawks. Agora, é voltar a ter ritmo de jogar basquete. Uma coisa é correr na esteira, outra é na quadra”, afirmou.