Notícias

20/02/2017
TERMINA A CLÍNICA TÉCNICA INTERNACIONAL DA FPB

Foto: Kiko Ross / FPB
img
A Clínica Técnica Internacional foi realizada no Clube Esperia
São Paulo, SP – A segunda edição da Clínica Internacional de Basketball, organizada e administrada pela Federação Paulista de Basketball (FPB), foi encerrada, neste domingo (dia 19), no ginásio Alfonso Renaldo Gallucci (Clube Esperia), zona norte da capital paulista. Na segunda edição, as palestras foram divididas para atletas dos 18 anos até o adulto (Nível 3); 15 aos 17 anos (Nível 2), e 12 aos 14 anos (Nível 1).

“Creio que tudo correu conforme o planejado. Tivemos palestras muito bem conduzidas e práticas extremamente interessantes e importantes, com conteúdo de interesse geral. Agradeço a todos que estiveram conosco na elaboração deste evento, aos integrantes da equipe de staff, aos palestrantes e participantes, além da diretoria do Clube Esperia. Enfim, a todos que cooperaram para a realização deste evento”, comentou Enyo Correia, presidente da FPB.

Durante os três dias do evento, as palestras, explanações e práticas foram feitas por Marcelo Signorelli (técnico da Seleção Uruguaia Masculina), Diego Jeleilate (preparador físico do Paulistano/Corpore), Enio Vecchi (técnico do Basquete Osasco), Enyo Correia (presidente da Federação Paulista de Basketball), Jeferson Vale (professor de Marketing da Universidade Tevisan), Carlos Vicente Andreoli (médico chefe da disciplina de Medicina Esportiva do Departamento de Ortopedia da Universidade Federal de São Paulo), Thelma Tavernari (técnica de base do EC Pinheiros), Enio Vecchi (técnico da equipe adulta do Basquete Osasco), Adriano Geraldes (técnico de base do Projeto BIS/Mackenzie), Cristiano Cedra (técnico de base da ADC Bradesco) e Wilson Neto (técnico de base da Hebraica de São Paulo).

A segunda edição da ‘Clínica Internacional de Basketball’ foi uma realização da Federação Paulista de Basketball (FPB), com apoio do Clube Esperia, Instituto do Atleta (INA), Unique Pro, CETE-UNIFESP, GCS Produções, Kief Sports e Instituto Gostas de Cidadania.

Fonte: Federação Paulista de Basketball