Notícias

06/07/2012
BRASIL ATROPELA CUBA NA ESTREIA NO DESAFIO ELETROBRAS

Foto: Antonio Lopes/AMN
img
O grande destaque da partida foi a pivô Érika, que anotou um duplo-duplo com 34 pontos e dez rebotes
Foz do Iguaçu / PR - A Seleção Brasileira Adulta Feminina estreou com vitória no Desafio Internacional Eletrobras. No ginásio Costa Cavalcanti, em Foz do Iguacu (PR), o time derrotou a seleção de Cuba por 99 a 60 (42 a 31 no primeiro tempo). O grande destaque da partida foi a pivô Érika, que anotou um duplo-duplo com 34 pontos e dez rebotes. Outros destaques nacionais foram Karla, Damiris e Adrianinha que anotaram 14, 11 e 10 pontos, respectivamente.

As duas equipes voltam a se encontrar no próximo domingo, às 11h (de Brasília), com transmissão ao vivo do Sportv.

O técnico Luís Cláudio Tarallo analisou a vitória do time: "O time melhorou bastante e estamos em evolução, hoje a Érika teve bastante espaço e conseguiu ter uma boa atuação. Ela é uma jogadora que vem crescendo dentro da preparação", comentou o treinador.

Tarallo explicou ainda a formação brasileira na disputa desta noite. "Como nós estamos indo para um campeonato muito difícil, tentamos jogar com várias opções táticas. Estivemos muitas vezes na quadra com duas armadoras, com duas pivôs, ou com três pivôs, em outros momentos com o jogo mais aberto, e até jogar com três opções. Nosso objetivo é adquirir diversidade tática, fundamento importante, para não sermos presas fáceis para as equipes adversárias", finalizou.

A armadora Adrianinha que somou na partida dez pontos e cinco assistências, comentou o desempenho da equipe.

"A partida de hoje foi muito importante para o time ter confiança. Temos ainda algumas coisas a melhorar, mas estamos em uma crescente. Na partida de domingo espero que possamos estar melhores. Agora é pensar que estamos próximas da nossa estreia nas Olimpíadas, e aproveitar cada jogo para aperfeiçoar ainda mais a nossa preparação", avaliou Adriana.

O jogo

O jogo começou muito equilibrado e disputado ponto a ponto. As cubanas saíram na frente, mas com uma bela infiltração de Adrianinha a equipe virou e passou a ocupar a liderança do placar na maior parte do tempo. Já no fim da etapa, Karla, com uma cesta de três, deixou o a disputa em 21 a 18 para as brasileiras, que venceram o quarto por 23 a 22.

Na volta, a seleção dominou as ações. Entrosada, a equipe do técnico Luís Cláudio Tarallo envolveu Cuba com a troca de passes no garrafão adversário. Em lance de Joice, Damiris recebeu a bola livre e fez 27 a 25. A partir daí, o time manteve o ritmo e foi para o intervalo vencendo por 42 a 31.

O Brasil voltou com a mesma intensidade para o terceiro quarto. Tarallo aproveitou para rodar a equipe e com tranquilidade o time aumentou a vantagem para 26 pontos. Nos dez minutos finais, a seleção continuou superior e só teve o trabalho de aumentar a vantagem, garantindo o triunfo por 99 a 60.

Na administração da partida estava o trio de arbitragem formado por Jacob Barreto (SP), Andreza Almeida (DF) e Juliana Roveri (SP).

BRASIL (23+19+30+27 = 99)
Adrianinha (10 pontos e 05 assistências); Karla (14 pontos, 01 rebote e 01 assistência), Chuca (02 rebotes e 03 assistências), Joice (02 pontos e 03 assistências), Iziane (08 pontos, 02 rebotes e 05 assistências), Franciele (09 pontos e 05 rebotes), Silvinha (05 pontos, 01 rebote e 03 assistências), Clarissa (04 pontos, 07 rebotes e 02 assistências), Damiris (11 pontos, 04 rebotes e 01 assistência), Nádia (02 pontos e 03 rebotes); Érika (34 pontos e 10 rebotes) e Tássia (01 assistência). Técnico: Luís Cláudio Tarallo.

CUBA (22+9+15+14 = 60)
Islen; Anislaydis (04 pontos); Lisdeyvi (06 pontos); Oyanaisi (06 pontos); Arlenis (02 pontos); Yamara (11 pontos); Edith (04 pontos); Gonzales; Taimi (01 ponto); Leyds (08 pontos) e Suchitel (18 pontos). Técnico: Alberto Sabala.


Confira a estatística completa da partida Brasil x Cuba.